Mercado de trabalho na pedagogia

Desde o mês de março deste ano, convivemos com uma situação excepcional de isolamento social. Isso se deve ao contexto de pandemia de Covid-19. Entretanto, de lá pra cá não foi só a nossa rotina que se modificou, como também a nossa situação trabalhista. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Estatística (IBGE), só nos cinco primeiros meses de pandemia o número de desemprego cresceu 30,6%.

Desse modo, dentro desse contingente populacional sem emprego, encontram-se professores e vários outros profissionais que ficaram impossibilitados de atuar durante a pandemia. Dentro desse contexto, e trazendo esse recorte para a área da educação e principalmente para os pedagogos, é super pertinente pensarmos em alternativas para mercado de trabalho na pedagogia.

Portanto, conversaremos um pouco sobre alternativas de emprego para profissionais da educação, e em especial para os pedagogos.


Como é o mercado de trabalho para pedagogos?

Quando pensamos em algumas profissões, vem a nossa mente algumas imagens um pouco caricatas. Por exemplo, quando pensamos em pedagogos imaginamos logo professores da educação infantil que fazem trabalhos artesanais com EVA. Entretanto, a Pedagogia não se resume a esse recorte.

Atualmente, os cursos de Pedagogia mostram aos estudantes da área uma grande possibilidade de empregos, como professores da educação infantil, do ensino fundamental em disciplinas especificas. Porém, além da sala de aula, o pedagogo pode atuar em museus, hospitais, empresas dentre outros espaços que necessitam de um profissional para guiar algum tipo de aprendizagem.


Oportunidades de trabalho

Trouxemos uma lista de mercado de trabalho na pedagogia. Aqui você encontrará tanto oportunidade dentro das salas de aula como fora delas.


Organizações não Governamentais

Um dos grandes nomes da pedagogia é o Paulo Freire, que defende uma educação autônoma. Ou seja, que os alunos sejam os principais atores de seu processo de aprendizagem. Entretanto, embora esse pensamento seja muito difundido na universidade, pouco se vê esse modelo nas escolas.

Sendo assim, muitas Organizações não Governamentais (ONGS) vem desenvolvendo atividades que visam ampliar o mercado de trabalho na pedagogia, e de quebra ajudar crianças e adolescentes com o aprendizado escolar.

Para tanto, os pedagogos atuam em horários de contra turno, como uma espécie de reforço escolar, podendo assim aplicar outros métodos de ensino, que sejam mais sociointeracionistas e que fomentem o olhar investigativo do aluno.


Editoras

Uma outra alternativa de mercado de trabalho na pedagogia são as editoras. Nesse ambiente, o pedagogo poderá atuar na produção de material didático e paradidático, seja atualizando ou construindo um conteúdo do zero.

Dessa forma, o profissional trabalhará, majoritariamente, como pesquisador, visto que analisará os materiais. Além disso, poderá sugerir alterações que facilitem a didática, e a compreensão do aluno.


Indústrias de brinquedo

Você já pensou se formar em Pedagogia e trabalhar em uma fábrica de brinquedo? Pois bem, isso é possível! Mas como esse profissional atuará?

Para trabalhar nesse ramo o pedagogo precisará analisar brinquedos e classificá-los. Essa classificação irá ser feita de acordo com a faixa etária apropriada. Portanto, para chegar a esse veredito, o pedagogo utilizará os seus conhecimento de desenvolvimento cognitivo e motor, e classificará os brinquedos.

Além disso, o profissional poderá indicar para qual finalidade o brinquedo pode servir dentro do contexto do desenvolvimento da criança, a partir da sugestão de algumas atividades a serem realizadas. Essa função é de extrema relevância para brinquedos educacionais e de tabuleiro.


Hospitais

Atualmente, em tempo de pandemia, os hospitais são um dos locais mais indesejados de ir. Mas você sabia que aqui também há mercado de na pedagogia?

Esse profissionais são requeridos quando crianças ficam internadas por longos períodos no hospital, seja se recuperando de uma cirurgia ou realizando tratamentos. Desse modo, os pedagogos atuam no acompanhamento pedagógico, para que a criança não perca o seu período escolar.

Além disso, o educador poderá promover atividades lúdicas e recreativas que tornem o ambiente hospitalar menos depressivo para a criança.


Empresas

Em cursos que envolvem a interação com o outro e em cursos que visam a administração de empresas há sempre aquelas disciplinas que fomentam algumas técnicas de comunicação com o próximo, e sugerem até dinâmicas para o primeiro contato, por exemplo.

Entretanto, fora desses cenários esses profissionais não suprem com muita eficácia as necessidades da empresa. É por esse motivo que muitas empresas estão vendo nos profissionais da Pedagogia uma alternativa às demandas dentro do ambiente empresarial.   

Sendo assim, nesse contexto, o pedagogo poderá atuar em conjunto ao setor de Recursos Humanos auxiliando no cuidado dos funcionário e de suas respectivas famílias.

Além disso, outro domínio de mercado de trabalho na pedagogia são as áreas de Treinamento e Desenvolvimento dos funcionários. Para tanto, será preciso realizar palestras, oficinas e treinamentos com o foco de melhorar a interação entre os profissionais e engajá-los na proposta da empresa.


Consultoria pedagógica

Uma outra oportunidade de mercado de trabalho na pedagogia é a consultoria pedagógica. Aqui o profissional poderá juntamente a escolas, ONGS, editoras, empresas e outras instituições elaborar projetos voltados ao desenvolvimento de algum tipo de educação ou formação para os profissionais das instituições.

Entretanto, tenha em mente que você deverá trabalhar um pouco mais para elaborar materiais didáticos, apresentações e outros materiais para as formações.


Empreender na Internet

Com as adversidades trazidas pela pandemia, os professores foram obrigados a se adequarem à nova realidade. Para tanto, precisaram recorrer a metodologias heterodoxas para enfrentarem esse novo cenário. Assim, muitos foram apresentados a uma realidade por vezes desconhecida, o universo on-line.

As dificuldades em se manter encontros presenciais afetaram a carreira de muitos professores, mas também os tornaram cada vez mais experientes em ferramentas tecnológicas. Aproveitando-se da crescente procura por cursos on-line, uma vez que grande parte das escolas estão fechadas, muitos profissionais encontraram nesse mercado uma nova oportunidade de prover o sustento financeiro.

Empreender na internet não é um bicho de sete cabeças. Se você tem uma habilidade relevante que outras pessoas procuram, é preciso apenas dedicação e disciplina.  Entre as vantagens de entrar no mercado de educação a distância estão a flexibilidade, baixo investimento inicial e possibilidade de ganhos escaláveis.  


Aulas particulares

No momento atual, as famílias estão tentando conciliar a escola com o ensino fora dela. Com esse intuito de promover a educação defasada, muitos recorrem às aulas particulares.

Para o professor, abrem-se novas oportunidades, sendo o reforço escolar uma delas. Seja de forma presencial ou on-line, esse mercado possibilita ganhos até maiores quando se pensa no valor “hora-aula” . O profissional que trabalha com o formato de aulas particulares deve estar preparado para elaborar um plano de estudo prévio, que costuma ser mais complicado do que os planos para sala de aula.

O profissional que deseja se inserir nesse modelo precisa buscar ativamente pelos primeiros contatos, seja por indicação de conhecidos ou através de cadastros em plataformas digitais que funcionam como vitrine para apresentação de seu trabalho. Naturalmente, com o reconhecimento pelo serviço prestado, no futuro os alunos surgem de forma orgânica.


Considerações Finais

Uma vez que estamos no meio de uma pandemia, os professores que dão aulas presenciais precisam tomar uma série de precauções para evitar a sua própria contaminação, bem como a de seus alunos e familiares. Para tanto, é essencial que, antes de ir até o ambiente de trabalho, meça sua temperatura, prenda os cabelos, corte as unhas, lave as mãos, use máscara descartável ou reutilizável, evite dividir materiais e cumprimentos como abraços, beijos no rosto ou apertos de mão e, por fim, mantenha um ambiente arejado abrindo-se as janelas e portas.

Embora estejamos em um contexto que não favorece o desenvolvimento de novas oportunidades de emprego, ainda existem algumas alternativas fora das salas de aula para os educadores.

Dentro desse contexto, o mercado de trabalho na pedagogia fora da sala de aula está em expansão, trazendo oportunidades em editoras, hospitais, indústria de brinquedos, empresas, ONGS e até on-line.

Por isso, caro professor e pedagogo, não desanime! E busque se especializar para a atuação nesses novos setores.


Você também pode se interessar por:

Artigos Relacionados

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *